terça-feira, 5 de novembro de 2013

TRISTE BEIJO NAS ESCADARIAS

Em qual dessas escadarias, cantarias, de prazer,
Ao saber que neste espaço o teu beijo fez morrer
Quem te amou, te fez viver,
Mas depois do pesadelo só queria reviver.

Mas teu beijo teu beijo desbotou do amor jovem, a paz,
Pois tua boca é que tocou o ardor de outro rapaz.
Nessas cantarias, rias, pois sabias que alí
Sepultavas o amor que eu tinha pra ti.

Qual dessas escadarias saberia me dizer
Com que beijo me roubastes a chance de reviver.

Postado por Hagareno [Antônio de Oliveira Barbosa Júnior]

Nenhum comentário: